webmail

 

Sindacs » BAHIAtitle_li=INTERIORtitle_li=NACIONALtitle_li=NOTÍCIAS DO SINDACS » ATO EM DEFESA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS MOBILIZAM TRABALHADORES ACE E ACS EM SALVADOR
ATO EM DEFESA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS MOBILIZAM TRABALHADORES ACE E ACS EM SALVADOR

ASSEM

Esta não é uma luta isolada, de uma categoria, mas do todos os servidores municipais de salvador, principalmente após as reformas de o ilegítimo Temer (da Previdência, Trabalhista e a Terceirização), que tiram os direitos dos trabalhadores. Destaca o Robson Gois Coordenador do SINDACS BAHIA. Precisamos estar mobilizado, unificando esta luta, que deve ser ampliada com a participação de todos os servidores do município de Salvador, que também a cada dia estão ameaçados com perdas significativas nos seus vencimentos. “Esta é uma luta de todos os trabalhadores ACE e ACS enfatizara Robson”.

Para o coordenador Reinã Ramos, a manifestação do hoje (17/08) quinta foi  positiva com o objetivo de pressionar um posicionamento do prefeito de Salvador que insiste no reajuste 0% (zero) para os trabalhadores ACE e ACS  “Estamos há dois anos sem receber aumento de salários da prefeitura. E Por isso estamos reforçando a atenção dos nosso colegas para estarem atentos as nossas mobilizações em busca de melhorias, porque a gestão de Salvador de seus servidores que se sente esquecidos, sem nenhum aumento salarial é zero”, denuncia Reinã.

DSC_0019

Utilizando faixas, cartazes e carro de som, os servidores saíram em caminhada da Praça do Campo Grande em destino a Praça Municipal com o grito de ordem, (SERVIDOR NA RUA PREFEITO A CULPA E SUA) e receberam o apoio da população que estavam nas calçadas durante o trajeto. “O prefeito de Salvador diz que não vai dar nada, mesmo após dois anos sem reajuste”. Ele quer passar a ideia de que a prefeitura não tem dinheiro em caixa e que o aumento apara os servidores ACE e ACS oneram os cofres públicos, mas a coordenação do SIDACS BAHIA relata que isto não é verdade. São trabalhadores que contribuem para o aumento da arrecadação do município perante o SUS-Sistema Único de Saúde e contribuem para a construção de uma nova saúde da população da cidade de Salvador, e o que a prefeitura faz com elas é uma falta de respeito.

DSC_0073

Segundo Sergio Papa coordenador jurídico do SINDACS BAHIA na apresentação do quadrimestre em abril o município de Salvador apresentou o demonstrativo com a despesa de gasto com pessoal em torno de 41 ,25% da receita corrente líquida. Sendo que o limite prudencial é o equivalente a 51,30%, ressaltou Sergio que, além disso, o município recebe AFC – Assistência Financeira Complementar  verba carimbada do Ministério da Saúde especifica para pagamento do Piso Nacional dos Agentes de Saúde, também  existe ainda  PAB fixo e PAB  variável.( que são verbas da área de saúde que podem ser usados  como custeio de ações e serviços e também pode ser utilizado  no gasto de  pagamento de pessoal, especificamente os agentes de saúde).

Para a coordenação do SINDACS BAHIA e uma falta respeito por parta da gestão perversa do prefeito de Salvador aos ACE e ACS no cumprimento de direitos adquiridos ao longo destes dois anos com REAJUSTE ZERO.

O SINDASC BAHIA estará informando a data da próxima assembleia após a confirmação da rodada de negociação na SEMGE que será agendada nos próximos dias.

SINDACACS BAHIA

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

COMPARTILHAR

 

Deixe uma resposta

Últimas notícias