Sindacs » BAHIAtitle_li=INTERIORtitle_li=NACIONALtitle_li=NOTÍCIAS DO SINDACS » SINDACS BA FAZ MANIFESTAÇÃO POR FALTA DE CUMPRIMENTO DE PAUTA NO MUNUCIPIO DE SAUBARA
SINDACS BA FAZ MANIFESTAÇÃO POR FALTA DE CUMPRIMENTO DE PAUTA NO MUNUCIPIO DE SAUBARA

20708249_470456733315934_6110223321832387703_n 20728069_470456839982590_5605168481107720632_n 20728089_470456736649267_2333792335919214403_n 20728304_470456729982601_1568387702390097160_n 20728348_470456906649250_4921956777928690809_n

Na manha da quinta feira (10/08/17) às 9:00 hs, a Direção Estadual do SINDACS/BA, realizou uma assembleia geral com todos os servidores publicos do municipio de Saubara que são filiados a entidade,com os coordenadores Nerivaldo, Lazaro e Edson, para tirar encaminhamentos da situação vivida no municipio, sem o cumprimento do acordo em mesa. Diante do que o coordenador Nerivaldo expos aos trabalhadores do que houve nas mesas de negociações meses atrás e as promessas de se cumprir a pauta entregue e que não foi na pratica feita, pediu aos servidores presente que pudesse tomar uma decisão; de aguardar ou realizar uma manifestação até a sede da prefeitura para forçar o governo municipal dar uma resposta da pauta não cumprida, diante da votação unanime, todos os trabalhadores sairam pelas ruas da cidade com gritos de guerras, apitassos e etc. Já na porta da sede da prefeitura de Saubara, os trabalhadores por não ter nenhuma posição da prefeitura depois de horas com gritos e aptassos, descidiram fazer a ocupação do predio para que a gestora de sensibilizasse com a causa, mediante a ocupassão, foi chamado uma comissão pela prefeita para um dialogo em mesa, subiu para a abertura de mesa de negociação o coordenador Nerivaldo, Edson e um trabalhador, onde ela prometeu cumprir a pauta em 30 de setembro, sem nenhum documento firmado, acreditando somente na palavra da mesma. Apois a reunião os coordenadores Nerivaldo e Edson, passou como foi a conversa e o acordo feito em mesa, porém ja tinha firmado tal acordo e os trabalhadores conbraram a elaboração de uma Ata e um TAC, que segundo os coordenadores presente na mesa, que o advogado do municipio disse que não precisaria já que a prefeita estava dando sua palavra. Os servidores em assembleia nao aceitaram a data dada pelo gestão e tiraram dia 16/08/17, realizar nova manifestação para que um TAC seja firmado e acelera o processo de negocição num prazo menor para a gestão.

COMPARTILHAR

 

Deixe uma resposta

Últimas notícias